Home » Causas e Sintomas » Disfunção erétil – Quais os sintomas a que deve estar atento
Disfunção erétil

Disfunção erétil – Quais os sintomas a que deve estar atento

Disfunção erétil Existem vários sintomas que alertam para um possível caso de disfunção erétil e nem sempre se refere apenas à dificuldade de manter uma ereção. Os sintomas da impotência sexual também podem ser avisos de outras doenças, de forma que não devem ser ignorados.

Tipos de disfunção erétil

Antes de saber quais os sintomas, é importante conhecer os tipos de disfunção erétil, pois existem 5 tipos diferentes.

  • Disfunção erétil total – Acontece quando o homem não consegue ter qualquer ereção.
  • Disfunção erétil parcial – Quando a ereção existe, mas é insuficiente para o ato sexual.

Estes são os dois grandes tipos de impotência sexual, no entanto, existem outros 3 tipos que acumulam com estes.

  • Impotência sexual primária – Quando o homem nunca foi capaz de ter uma ereção. Estes casos são mais raros.
  • Impotência sexual secundária – Acontece quando o homem teve ereções normalmente, mas a partir de determinada altura deixou de o conseguir.
  • Impotência sexual situacional – Este tipo acontece quando o homem não consegue ter ereções apenas em determinadas situações ou com determinadas pessoas. Estes casos normalmente prendem-se apenas com causas psicológicas e a sua solução passa por terapia sexual.

Sintomas da disfunção erétil

O sintoma mais comum é de facto a incapacidade de obter uma ereção, mas não é o único sintoma. Deve estar atento nos seus relacionamentos a pormenores e não ignorar qualquer sinal de aviso, principalmente a partir da meia-idade. Conheça os sintomas:

  • Impossibilidade de obter uma ereção (em 25% ou mais das relações sexuais);
  • Atinge o clímax mais rapidamente do que habitual;
  • Consegue alguma ereção, mas não completa;
  • Ereção com menos rigidez;
  • Atinge o clímax com uma ereção incompleta;
  • Tem menos ereções espontâneas de manhã;
  • Demora mais tempo a atingir a ereção e pode sentir dificuldade;
  • Necessita de concentração para manter a ereção durante o ato sexual;
  • É difícil conseguir uma ereção com determinadas posições sexuais onde antes não notava qualquer tipo de dificuldade;

Deve ter em conta que algumas destas perturbações podem ser passageiras e derivadas de stress momentâneo. No entanto, se os sintomas persistirem por mais do que um mês, deve consultar o seu médico. Deverá também alterar os seus hábitos e tentar prevenir a impotência masculina.

O que fazer se tiver algum destes sintomas

Uma das causas para a impotência masculina prende-se com fatores psicológicos, como excesso de stress ou de preocupações. Estes fatores podem impedir o homem de obter uma ereção sem se tratar de impotência. Em primeiro lugar deve analisar o seu estado psicológico na altura do ato sexual e verificar se algo pode ter contribuído para a dificuldade. Em caso afirmativo deve tentar noutra altura, quando essa fase estiver ultrapassada. Caso não o consiga fazer sozinho, pode procurar a ajuda de um psicólogo ou terapeuta sexual. Se concluir que a dificuldade em obter uma ereção não está ligada a nenhum fator emocional ou psicológico, deve dirigir-se a um urologista. Pode também consultar o seu médico de família, pois este irá encaminhá-lo. A disfunção erétil é um problema que causa mal-estar e até depressão nos homens, por isso deve ser tratada o mais rapidamente possível. Pode ainda ser sintoma de outras doenças, portanto deve procurar ajuda junto do seu médico.

Verifique também

Impotência Sexual Psicológica - Causas e Tratamentos

Impotência Sexual Psicológica – Causas e Tratamentos

A Impotência Sexual é um problema que, apesar de se manifestar a nível físico, frequentemente …

Um Comentário

  1. Dificuldade de manter a ereção e ejaculação precoce

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.